Destaques

Após audiência, vereadores afirmam: “Não vai parar por aí”

Reunião no Sertão foi tema central dos debates na sessão da Câmara desta segunda-feira

ALCIDES MAFRA/ASSESSORIA CÂMARA PB

26 de outubro de 2021

Como era de se esperar, um tema dominou as falas dos vereadores durante a sessão ordinária desta segunda-feira (25): a audiência pública realizada na última sexta-feira (22) no bairro Sertão de Santa Luzia. Além de avaliarem como positivo o saldo das discussões realizadas em torno da questão do viaduto ligando os bairros do Alto Perequê aos “sertões” de Santa Luzia e do Valongo, os vereadores foram unânimes em garantir: “Não vai parar por aí”, frase saída da boca de pelo menos dois deles e tomada como senha de que a mobilização em torno do tema deve prosseguir.

Diogo Santos (MDB) destacou que já houve reunião com a presidência da Casa (informação reforçada pelo presidente e colega de bancada Joel Lucinda), na qual foi decidido que será elaborado um relatório do que foi tratado na audiência. Esse dossiê será posteriormente encaminhado às autoridades estaduais e federais. Além disso, acrescentou Diogo, o prefeito Emerson Stein (MDB) também agendou reunião para discutir os próximos passos. Para o parlamentar, esses movimentos indicam força política e reforçam os argumentos em favor da necessidade e urgência da obra. O emedebista também celebrou a expressiva presença de público, contabilizada em quase 200 pessoas: “A população entendeu o recado”, avaliou.

Juliano Guerreiro foi um pouco além: para ele, a audiência “entrou para a história” do município. O progressista também considerou positivo o fato de a reunião no Sertão ter feito as autoridades (além da presença de Ana Paula da Silva, os deputados Ivan Naatz, Rogério Mendonça e Carlos Chiodini mandaram representantes, assim como a concessionária Autopista Litoral Sul) “sentirem na pele o que é morar ali no Sertão e o que é atravessar aquela rodovia”.

Jonas Raulino (MDB), que dividiu com Diogo a organização do evento, lamentou a ausência de nomes do Senado na reunião. Mesmo assim, ele entende que é necessário juntar todo o material colhido durante os trabalhos e levar a Brasília, “aonde tem que realmente chegar”.

O vice-presidente do Legislativo, Ailto Neckel de Souza (PL) elogiou a participação popular e lembrou que a questão do viaduto é antiga. Porém, aludindo ao compromisso assumido pelo prefeito Emerson Stein (MDB) de custear o projeto executivo da obra, ele demonstrou otimismo: “Em breve nós vamos ter boas notícias”.

Já Magno Muñoz, outro membro da bancada emedebista, destacou o empenho de todos os membros da Casa Legislativa: “Quando nos unimos em prol de uma causa, nós ficamos gigantes. E a Câmara de Vereadores, nessa audiência de sexta-feira, mostrou união e força. Quando as nossas vaidades e egos são colocados de lado, as coisas acontecem”, anunciou, reiterando a necessidade de continuar “incomodando” os deputados estaduais e federais em favor da pauta. “Ano que vem eles vão querer os nossos votos. Agora é o momento deles retribuírem, e nós vamos brigar por isso”, garantiu.

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Na semana do laço branco, Cavalheiro pede fim do machismo

VER MAIS

Vice-presidente da Câmara viaja a Brasília

VER MAIS

Câmara veste vermelho para conscientizar sobre HIV

VER MAIS