Destaques

Câmara lança série de perfis dos parlamentares

Legislativo começa nesta semana a exibir vídeos contando a trajetória dos membros da atual legislatura

ALCIDES MAFRA/ASSESSORIA CÂMARA PB

18 de outubro de 2021

A Câmara Municipal lança nesta semana uma série de vídeos que destaca a trajetória dos atuais membros do Legislativo. Com depoimentos colhidos ao longo do ano pelo departamento de Comunicação da Casa, o trabalho traça um breve perfil dos parlamentares que atuam na presente Legislatura, compilando memórias, projetos e perspectivas para o futuro do município. Inaugurando a série — que trará um novo vereador a cada semana e será publicada nas redes sociais e no site da Câmara Municipal —, o vídeo de hoje apresenta Joel Orlando Lucinda (MDB), atual presidente da Mesa Diretora.

Natural do bairro de Santa Luzia, criado entre pescadores, Joel deixou o estaleiro de seu pai em 1995 para iniciar carreira na vida pública. Na ocasião, recebeu convite do então prefeito Mauro João Jaques para ingressar na disputa eleitoral do ano seguinte. Sem conhecimento prévio e com apenas o ensino primário, mas com a benção de seu Vitor (“pedi pro meu pai se eu podia ser candidato a vereador. Meu pai disse: ‘Vai da tua cabeça’”), Joel filiou-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e conquistou o primeiro de uma sequência de mandatos. Está em sua sétima legislatura.

O parlamentar atribui a longa permanência nos gabinetes do Paço Legislativo ao “conhecimento com os pescadores”. “A gente sempre fazia os serviços de carpintaria nos barcos dos pescadores. Como eu faço hoje em dia ainda. Minhas folgas eu estou na praia ajudando os pescadores”. Ele também destaca o fato de ter perfil conciliador, mesmo quando atuando na oposição: “O vereador que eu mais discuti no plenário era o Totonho [pai do prefeito Emerson Stein], mas nunca deixei de sair do plenário e ir lá apertar a mão dele”.

Presidente do Legislativo pela quarta vez (contando uma passagem em 2010), o vereador de Santa Luzia lembra que se sentiu “abismado” da primeira vez que assumiu a função entre 2003 e 2004, pela responsabilidade em lidar com o orçamento da Casa. Mas logo percebeu que não havia segredo: “Tem que ser bem claro e trabalhar em cima da lei, o que a lei aceita fazer; e o que não pode fazer, não faz e deu”, receita.

Joel gosta de repetir que a Câmara de Porto Belo é uma das mais econômicas do Estado. De fato, na região, é uma das que possuem menor estrutura e fatia do orçamento municipal. Conta apenas com onze servidores efetivos, três comissionados e duas estagiárias. Porém, em vista do salto de arrecadação do município, ele acredita que seja momento de investir na infraestrutura e na assessoria aos vereadores.

Definido por ele próprio como uma pessoa calma, que encontra na carpintaria naval uma fuga ao cotidiano às vezes estressante da vida pública, Joel considera uma de suas virtudes a disposição em aprender. Inclusive, em 1993, ingressou no Ensino de Jovens e Adultos (EJA) para concluir o ensino médio e estar mais apto a desempenhar suas funções. “Eu sou uma pessoa de escutar, de prestar atenção e assistir para não errar. Não sou uma pessoa de meter o bico para fazer alguma coisa se eu não sei. Primeiro vou tentar aprender para, depois, fazer”.

Assista abaixo, ao vídeo:

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Câmara aprova projeto de lei para instituir programa “Amigo do Coração”

VER MAIS

Resumo da Sessão

VER MAIS

Resumo da Sessão

VER MAIS