Destaques

Legislativo celebra pescadores em sessão solene

Profissionais da pesca do município serão homenageados pelos vereadores nesta 5ª

ALCIDES MAFRA/ASSESSORIA CÂMARA PB

12 de julho de 2022

Manoel Dario Pinheiro, 79 anos: quase 60 anos como pescador profissional

Manoel Dario Pinheiro, DE 79 anos de idade, exibe com orgulho os papéis que atestam a sua trajetória profissional. São documentos que passou a acumular desde que tirou a caderneta de pescador, no longínquo fevereiro de 1959, e conseguiu emprego em Santos, iniciando uma lida de mais de 50 anos em alto-mar. Não entram nessa conta a meninice acompanhando pai e irmãos em pescarias de canoa em Bombinhas, nem os anos que, aposentado, seguiu pescando de forma artesanal em Porto Belo, até aderir ao turismo e integrar a associação que opera a travessia de banhistas para a ilha de Porto Belo na temporada.

A história de “seu Éinho” não difere muito da experiência de tantos outros indivíduos que, em tempos e sob circunstâncias diversas, lançaram-se ao mar em busca de sustento e, quem sabe, aventura. São personagens centrais na construção da identidade de nossas comunidades litorâneas — embora nem sempre recebam o reconhecimento que a posição enseja. Em Porto Belo, ao menos, a reverência ocorre, através do Legislativo, que instituiu em 2020 a honraria Pescador Portobelense. Nesta quinta-feira (14), à partir das 19 horas, na Câmara Municipal, os vereadores celebrarão onze desses homens do mar.

Seu Éinho estará entre eles, assim como Ismael Antônio Machado. Aos 50 anos de idade, há 32 vive da pesca. Conduz seu “Cristo Rei”, um camaroeiro de 9,5 metros, pelo litoral entre Bombinhas e Piçarras — uma rotina que, confessa, é cada vez mais complicada, dadas as restrições que a atividade enfrenta na região: “Vão reduzindo nosso espaço de trabalho cada vez mais”, observa. Lilian Massuqueto, 51, companheira de Ismael, lamenta essa situação: “Já saí para pescar com ele e vi o sofrimento que é lá fora”, diz a professora natural de Guarapuava (PR).

Lilian não é a única voz feminina a contar essa história. Sueli Benedita Tavares, que também será homenageada na quinta, começou a puxar redes na praia de Porto Belo aos dez anos de idade. Hoje aos 56, está aposentada, mas já venceu muita marola: “Vivi só disso”, afirma.

Para o presidente da Câmara Municipal, vereador Jonas Raulino (MDB), a concessão da honraria é um pequeno, mas importante do ponto de vista simbólico, gesto de agradecimento a essa classe que é tão característica de nossa tradição. Autor da Lei Municipal 2.898, que a instituiu (juntamente com o colega Diogo Santos (MDB) e o vereador na última gestão Célio Ramos), o parlamentar destaca outro aspecto da contribuição da categoria para o desenvolvimento da cidade: “Nada mais justo do que homenagear essas pessoas que respondem por uma parte importante da economia do nosso município”, afirma. Para ele, a solenidade será um momento especial, de encontro da comunidade com suas raízes: “Vai ser uma noite inesquecível, não tenho dúvidas”.

SERVIÇO:

Entrega da honraria Pescador Portobelense

Data: 14/07, a partir das 19h, na Câmara Municipal

Transmissão ao vivo da sessão nos canais da Câmara no Facebook e Youtube

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Câmara propõe audiência pública para discutir “lei do silêncio”

VER MAIS

Resumo da 38ª sessão ordinária

VER MAIS

RESUMO DA 37ª SESSÃO ORDINÁRIA

VER MAIS