Destaques

Mesa-redonda discute o espaço feminino na política

Terceira noite do evento terá a deputada Ada de Luca, a professora Elizete Alves e a suplente Dirce Heiderscheidt

Alcides Mafra/Assessoria Câmara PB

04 de março de 2020

Uma conversa conduzida por mulheres atuantes na política estadual dará o tom da terceira noite de atividades da Semana Municipal da Mulher, evento organizado pela municipalidade e realizado com apoio da Procuradoria Especial da Mulher da Câmara Municipal, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e Escola do Legislativo Deputado Lício Mauro da Silveira, da Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Nesta quarta-feira (4), a advogada e deputada estadual Ada de Luca, a professora e doutora Elizete Lanzoni Alves, secretária estadual de mulheres do PSB e diretora executiva da Academia Catarinense de Letras Jurídicas, e a ex-deputada e atual suplente Dirce Heiderscheidt, presidente do MDB Mulher, participam de uma mesa-redonda sobre a participação da mulher na política.

“A ideia é falar sobre a mulher na política sob o aspecto do estímulo para o exercício de cidadania”, antecipa Elizete Alves. Segundo ela, é necessário promover uma capacitação das mulheres visando seu ingresso no palco político. “Somos a maioria no percentual de eleitores e temos uma representação muito pequena ainda”, justifica.

O evento terá início às 18h30 na Câmara Municipal e tem entrada gratuita.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Advogada Tammy Fortunato durante palestra na Câmara

Na noite de ontem (3), a advogada Tammy Fortunato, realizou uma palestra na Câmara Municipal sobre violência doméstica. A presidente da Comissão de Combate às Violências Contra a Mulher do Instituto dos Advogados de Santa Catarina (IASC) trouxe um olhar abrangente sobre o tema, destacando que existem diferentes formas de agressão. Algumas, como a stealthing (remoção proposital e não consentida do preservativo durante o ato sexual), embora não sejam de conhecimento geral, constituem crime e estão crescendo no Brasil.

“Se fôssemos denunciar todos os casos [de violência doméstica que ocorrem], as delegacias não dariam conta”, afirmou. Ela também destacou a importância de as mulheres praticarem o apoio mútuo (“sororidade”): “Vamos parar de nos julgar e vamos nos ajudar”, conclamou.

Tammy também elogiou algumas políticas públicas que a Câmara de Porto Belo tem proposto, como o projeto Maria da Penha vai à Escola, que deverá ser executado ainda no mês de março, e as aulas de defesa pessoal, uma parceria entre Procuradoria Especial da Mulher, Administração Municipal e Clínica de Estética Mayandra, cuja primeira turma terá início nesta quinta-feira (5), às 20 horas, e é parte da programação da Semana Municipal da Mulher.

EMPODERAMENTO

Presidente da rede de apoio D’LAS na Câmara de Vereadores

A Semana Municipal da Mulher teve início na noite de segunda-feira (2) com uma fala na tribuna da Câmara de Vereadores de Tatiane Henning, durante a sessão semanal do Legislativo. Idealizadora do grupo D’Las, uma rede de apoio a mulheres vítimas de agressão que atua na região, Tatiane discursou sobre empoderamento feminino (o ato de permitir que as mulheres decidam sobre a própria vida, segundo conceituou) e a luta pela igualdade de gênero.

“O empoderamento feminino busca o direito das mulheres de poderem participar de debates políticos e tomar decisões que sejam importantes para o futuro da sociedade, principalmente no que se refere ao direito das mulheres”, ressaltou a ativista, cujo grupo se organiza por meio de redes sociais.

Tati, como é mais conhecida, falou também sobre a violência de gênero, cujos números ainda alarmam, não obstante as campanhas e leis que visam extingui-la. “Pensem em cinco mulheres de quem vocês admiram. Pelo menos uma dessas cinco mulheres já sofreu algum tipo de violência”, lembrou, sublinhando o fato de que as agressões nem sempre são físicas e, por isso, muitas vítimas sequer se dão conta de que foram agredidas: “A violência [também] é feita com palavras que ferem a dignidade da mulher”, destacou.

SEMANA MUNICIPAL DA MULHER

Instituída pela Lei Municipal 1687/09, a Semana Municipal da Mulher consiste de uma série de ações realizadas pelo poder público visando a promoção social e o bem-estar feminino, tendo como referência o Dia Internacional da Mulher (8 de março).

Este ano, sua realização contou com a participação ativa da Procuradoria Especial da Mulher da Câmara de Vereadores. De acordo com a procuradora especial e vereadora Silvana Stadler (PTB), trata-se de um evento costurado a muitas mãos, com contribuições efetivas das secretarias municipais de Assistência Social, Saúde, Educação, Cultura e Esporte, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Mesa Diretora da Câmara e Escola do Legislativo.

A Semana da Mulher segue com aulas de defesa pessoal para mulheres na Clínica Estética & Spa Mayandra, no bairro Vila Nova, quinta-feira (5), e cerimônia de entrega da Honraria Mulher de Valor na Câmara Municipal, na sexta-feira (6).

Ainda na sexta-feira a Secretaria Municipal de Saúde realizará o Dia D de Orientação em todas as unidades básicas de saúde e, no sábado (7), a unidade Carolina Ramos, do bairro Perequê, estará aberta durante todo o dia com ações especiais voltadas para as mulheres.

No dia 15 de março, ocorre o evento Som&Sol Especial da Mulher na Praça da Bandeira, no Centro, contando com apresentações artísticas, feira de artesanato e ações de promoção social desenvolvidas pela municipalidade, através de suas secretarias, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e Procuradoria Especial da Mulher.

Todos os eventos são abertos ao público e a entrada é gratuita.

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Voz do Legislativo - Episódio 25 (05.08.2020)

VER MAIS

Projeto possibilita pagar tributos com cartão

VER MAIS

Governo anuncia reabertura do Santa Inês

VER MAIS