Destaques

Município promove atividades na Semana do Meio Ambiente

05 de junho de 2019

Nesta quarta-feira (5), comemora-se o Dia Mundial do Meio Ambiente, data que, no Brasil, ocorre em um momento sensível para a preservação da biodiversidade do país, em vista da condução que o governo federal tem dado ao setor. Apesar dos ventos que sopram de Brasília, em âmbito municipal a ordem ainda é conscientizar e preservar. Em Porto Belo, desde o início da semana (aliás, Semana Mundial do Meio Ambiente) ocorrem atividades voltadas à ecologia.

Promovida pela Fundação do Meio Ambiente (Famap), com apoio do Projeto de Monitoramento de Praias (PMP), Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tijucas, Fundação Municipal de Cultura, Secretaria Municipal de Educação, Associação Catarinense de Reservas Particulares do Patrimônio Natural e Eco do Avencal, a Semana Municipal do Meio Ambiente tem trabalhado o tema com alunos das redes municipal e particular de ensino através de palestras e peças de teatro. A programação vai até sexta-feira (7) e ocorre no centro cultural Palco das Artes (Av. Francisco Severiano dos Santos – Vila Nova).

JUNHO VERDE

A Semana Municipal do Meio Ambiente nasceu de um projeto de lei parlamentar aprovado pela Câmara de Vereadores em julho de 2017. De autoria dos vereadores Altino Júnior (PSD), Jonas Raulino e Diogo Santos (MDB), Marcos Marques (PRB), Joel Lucinda e Silvana Stadler (PTB), a Lei 2526 instituiu o Junho Verde, que, em seu texto, assume como finalidade “a educação ambiental, debates, discussões, devendo a Famap, em conjunto com outras secretarias e fundações, promover discussões alusivas à proteção ambiental, reforçando o foco no desenvolvimento sustentável”.

Também nesta semana a Câmara aprovou um projeto de lei com foco na sustentabilidade. De autoria de Marcos Marques, o PLP 29 determina que sejam instalados painéis de captação de energia solar nos prédios públicos do município. O prazo para o Executivo se adequar à norma é de seis anos, mas o projeto ainda precisa passar pela sanção do prefeito Emerson Stein (MDB). Para Marquinhos, o importante é dar o primeiro passo rumo a uma mudança significativa no modelo energético atualmente em voga: “É uma sementinha plantada no que diz respeito ao fomento da geração de energias renováveis”, afirmou o vereador.

(Texto: Assessoria Câmara PB/foto: Assessoria PMPB)

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Resumo da Sessão

VER MAIS

Legislativo institui o “Dia da Mulher na Política”

VER MAIS

Vereadores e vereadoras mirins de PB participam de conferência regional em Itajaí

VER MAIS