Destaques

“Segundo Acesso” não está liberado, alertam vereadores

Em sessão da Câmara, parlamentares reforçaram que estrada aberta no morro ainda não é trafegável

12 de dezembro de 2023

Técnicos do meio ambiente de Porto Belo e Bombinhas em vistoria ao “segundo acesso” em novembro do ano passado

Durante a sessão da Câmara desta segunda-feira (11), os vereadores voltaram a falar da situação do acesso alternativo entre Porto Belo e Bombinhas. O chamado “Segundo Acesso” tem sido alvo de disputa política e provocado divergência entre os dois municípios que, em tese, deveria integrar. Em pronunciamento na tribuna, o vereador Magno Muñoz (MDB) alertou que a estrada no morro de Zimbros, recentemente visitada por maquinário da cidade vizinha, ainda não está liberada para tráfego de veículos.

“O acesso está muito precário”, afirmou Magno, dando notícia de acidentes ocorridos no trajeto em razão da situação da estrada. Segundo disse, a via foi aberta em toda a sua extensão, porém está intransitável em muitos pontos. “Mesmo veículos 4×4 não passam em alguns trechos ali. Então, não se aventure”, frisou.

Presidente da mesa diretora, Professor Juliano reforçou o alerta. De acordo com o vereador progressista, em visita ao local, flagrou veículos presos no atoleiro. “Realmente, é muito perigoso”.

Já Jonas Amadeu (MDB) reclamou do impasse político criado em torno da obra. Para o vereador, que desde o segundo semestre de 2022 encerra seus pronunciamentos na tribuna com o bordão “Segundo Acesso já”, as farpas direcionadas aos gestores portobelenses por lideranças do município vizinho têm como única motivação o que ele chama de “politicagem”. Jonas defendeu o entendimento entre as partes para resolver a questão. Do contrário, afirma, a estrada não poderá ser liberada. “Todo mundo sabe que, do jeito que está, lá não passa carro”, concluiu.

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Câmara aprova projeto de lei para instituir programa “Amigo do Coração”

VER MAIS

Resumo da Sessão

VER MAIS

Resumo da Sessão

VER MAIS