Destaques

Vereadores cobram nova concessionária

EBS assumiu operação há dois meses, mas reclamações levaram parlamentares a marcar reunião com a empresa

ALCIDES MAFRA/ASSESSORIA CÂMARA PB

21 de outubro de 2021

O controle da água do município mudou de mãos; os problemas, no entanto, permanecem. Em aproximadamente dois meses de operação, a Empresa Brasileira de Abastecimento (EBS) tem sido alvo de reclamações — as principais motivadas pela oscilação na leitura dos hidrômetros, com consequente aumento de tarifas, e pela qualidade discutível da água, que tem saído das torneiras mais escura que o recomendável. E, também numa repetição do que ocorria nos velhos tempos de Casan, a insatisfação do consumidor chegou ao “zap” dos vereadores — que não tardaram a se mexer. Além de aprovarem requerimentos convidando os responsáveis pelo serviço a dar explicações, alguns parlamentares foram à ETA atrás de informações.

As ações no plenário consistiram de dois documentos, ambos aprovados na sessão desta segunda-feira (18) e com destinatários distintos. O primeiro deles, dirigido à gerência local da EBS, trata de reunião na própria Câmara, na qual os vereadores esperam obter detalhes sobre os problemas ocorridos nas últimas semanas. Inicialmente marcada para esta quinta-feira (21), a conversa foi confirmada para a próxima quarta (27), às 15 horas, no Paço Legislativo.

O outro requerimento aprovado na sessão foi encaminhado ao prefeito Emerson Stein (MDB) e pede cópia do contrato celebrado com a EBS, informação sobre o faturamento obtido pela concessionária nesses dois meses de operação, além de um estudo de viabilidade com vistas a reduzir o valor das tarifas, como forma de compensar os eventuais prejuízos aos consumidores.

Antes da sessão, nessa mesma segunda-feira, uma comitiva formada pelos vereadores Magno Muñoz, Ednaldo da Silva, do MDB, Juliano Guerreiro e Willian dos Santos (Progressistas) foi até a Estação de Tratamento de Água (ETA), agora sob controle da EBS, para verificar o que estava ocorrendo. Lá observaram, conforme explicou na tribuna Juliano, que a água está saindo dos reservatórios com boa qualidade. “A empresa ainda está investigando o porquê de a água estar saindo turva das torneiras”. Ele também explicou que os vereadores se reuniram com Emerson Stein na tarde de segunda e souberam que o Governo Municipal também está cobrando explicações da empresa. “E vale lembrar que muitos de nós aqui, a maioria, têm água mineral, tem filtro, mas nós temos população carente em Porto Belo, que a água que é consumida é a água da torneira. E vai ingerir uma água dessa forma?”, questionou o parlamentar.

“Estivemos na ETA um dia antes da Casan entregar”, lembrou Magno, “e a estação de tratamento já se mostrava muito sucateada”. De acordo com o vereador, a falta de investimentos nos últimos anos é em parte responsável pela atual situação. Ele citou, por exemplo, que uma parte do município é servida por uma tubulação com mais de 50 anos de existência: “Ela está cheia de resíduos. Então, qualquer oscilação de pressão, qualquer parada no sistema, a sujeira vem e principalmente nos finais de rede. Os bairros Perequê e Jardim Dourado são os mais prejudicados, porque são alimentados por essa tubulação mais antiga”, explicou. Mesmo assim, os vereadores querem uma solução. “Esse é o nosso papel aqui”, concluiu Muñoz.

Em comunicado publicado na página do Governo Municipal, a EBS informou que realizou, ainda na madrugada de domingo (17), descargas de água em alguns pontos do sistema. A medida teve por objetivo descartar resíduos — visto que, segundo informado, esse tipo de manutenção não vinha acontecendo. A empresa também disse que está organizando uma limpeza da rede. Com relação a problemas com as faturas, ela orienta o consumidor a ligar para os números 0800-1230477 ou (47) 3514-0097. Nesses canais também é possível relatar outras ocorrências e solicitar informações.

COMPARTILHE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Câmara aprova projeto de lei para instituir programa “Amigo do Coração”

VER MAIS

Resumo da Sessão

VER MAIS

Resumo da Sessão

VER MAIS